terça-feira, 14 de dezembro de 2010

FOTOS POLÊMICAS: A NUDEZ DE SIMONE DE BEAUVOIR



SIMONE DE BEAUVOIR NUA




Simone de Beauvoir, mentora da causa feminina, advogada do belo sexo e de sua liberdade, tornou-se famosa por seus escritos e tomadas de posição, mas também pelo viés de uma foto muito conhecida e igualmente polêmica em seu tempo e mesmo, aliás, nos dias de hoje.



Essa foto, tirada em 1952, pelo fotógrafo Art Shay, tem sido objeto de intensa polêmica, desde janeiro de 2008, quando o Nouvel Observatoire foi acusado de tê-la retocado. Para tirar a história a limpo, até mesmo o artista foi entrevistado. É o momento de saber um pouco mais sobre uma das fotos mais famosas de seu tempo...


Art Shay lembra. Foi Nelson Algren, amante de Simone de Beauvoir, que lhe pediu para providenciar um chuveiro para Madame (era assim que a chamava Algren). Uma amiga do fotógrafo cedeu amigavelmente um banheiro para o escritor. Shay esclarece: “Você deve compreender que para mim, Madame não era uma ‘instituição’ nesta época, mas a amante estrangeira de um amigo... Então, eu me encontrava ali, estagiário na Life Magazine, quando eu vi Beauvoir sair do banho e se pentear diante do espelho. Eu rapidamente tirei duas ou três fotos e ela ouviu o clique da máquina. “Você é um mau garoto”, ela me disse, sem no entanto fechar a porta nem me mandar parar de tirar as fotos”.




Art Shay conta, ainda, ter esquecido de tirar cópias das fotos de Simone de Beauvoir. Quanto a Algren, ele parecia não estar ciente da existência dessas fotos. Mas, Shay conclui sua história, dizendo que aquilo não tinha nenhuma importância, visto que ele não desejava vendê-las. No anos 50, esse tipo de foto não tinha então “nenhum valor de mercado”.



O fotógrafo joga com as palavras quando lhe dizemos que as feministas o censuram por haver “roubado” essas fotos. “No sentido estrito, sim”, reconhece sem titubear Art Shay. Mas o ícone das feministas igualmente não tirou partido de seu corpo quando foram tomadas essas fotos? 

Pelas palavras de Shay, Beauvoir não se deixou levar pela ideia de provocação? Ou mais simplesmente pela aceitação pura e simples de sua nudez de mulher livre? Recolocada em seu contexto, a história destas fotos não nos mostra (à evidência?) que as feministas se enfurecem às vezes (muitas vezes) um pouco rápido demais?...



Fontes:

Texto retirado do site: A Naked World - http://anakedworld.canalblog.com/ 







Tradução de Isaias Edson Sidney



Nenhum comentário: