quarta-feira, 19 de novembro de 2008

POESIA ERÓTICA 2




O que cai na rede é peixe. Refiro-me, claro, à rede mundial de computadores, à Internet. O lixão da cultura humana. Onde há pérolas e porcos. Lama e ouro. Do site de Celso Jupiassu, encontrei essa pérola:



(A. não identificado)



Augusto Anacleto Farias de Carvalho, poeta velho, pobre, gago e feio, passou à memória do seu tempo com a alcunha de Faria. Isto mesmo. Farias sem s . Faria do verbo fazer, no condicional. Era um sonhador que só vivia de planos. Tinha todas as idéias do mundo e nenhuma concretude. Jamais realizou nada do que idealizou apesar de viver permanentemente imaginando realizá-las. Todos os dias falava de um projeto que estava quase pronto e acabado. Um conto , um poema, um livro , uma mulher para comer. No dia seguinte, já não falava do que ia fazer e novamente vinha com outra história do que faria. Por isso, Faria era seu apelido.




(A. não identificado)


Farias de Carvalho não era, necessariamente, um mentiroso. Para confirmar Mario Quintana, as mentiras, para ele, eram verdades que se esqueceram de acontecer. De concreto na vida, era padre e professor de latim do Ginásio Estadual do Amazonas. Só para contrariar a alcunha, fez um único soneto. Primor de métrica, rima e irreverência. Como Farias era Faria e não deixou nada publicado, apropriei-me do soneto e espalho que é meu. Faço sucesso, mas por pudor adoto, quando poeta, o pseudônimo de Farias de Carvalho.


(Ronald de Carvalho)



FODER


Farias de Carvalho



(Agostino Carracci)



Foder , foder em pé , foder deitado
Foder no céu , no mar , foder na esquina
Foder sobre a esmeralda do gramado
Ou sobre a tábua dura da sentina.

Foder de quatro pés , acocorado
Dentro dos templos ou pelas campinas,
Foder no torno, velhas ou meninas,
Gozar fodendo de colhões puxado.

(Luc Lafnet)

Foder, foder com o olhar, foder com pica.
Foder com a língua rubra que se estica
Ao contato de púbis distendido.

Foder, foder que a vida é tão somente,
Um fodalhaço dado , diariamente ,
E quem não fode , irmão , está fodido.



(A. não identificado)


http://www.umacoisaeoutra.com.br/index.htm

Nenhum comentário: