segunda-feira, 13 de março de 2017

AS TELAS QUENTES DO EROTISMO EXPLÍCITO 7 – GEORGES DELFAU



Georges Delfau é um pintor das situações comuns. Não exatamente do dia a dia, das situações familiares. Seu olhar recai, mais precisamente, sobre as pessoas comuns, em ambientes domésticos, surpreendidos por um voyeur (o pintor?) em cenas de sexo explícito. Com um traço preciso e bastante significativo, retrata pessoas que poderiam ser nossos tios e tias, o porteiro do prédio, a mulher da padaria da esquina, o funcionário do banco, o quitandeiro, enfim, pessoas de nosso convívio, mas de uma “certa idade”, coroas que raramente iríamos pensar que trepam como todos nós, que realizam suas fantasias como quaisquer mortais. Desmitifica, portanto, o sexo e o erotismo de homens e mulheres com quem convivemos e que julgamos assexuados, apenas por já não terem mais os corpos jovens e bem feitos da juventude. Seu livro, O CONVITE (L’INVITATION) foi publicado em Paris, em 1993. E praticamente nada mais se sabe sobre ele. Aprecie, portanto, suas pinturas, e divirta-se como me diverti, quando as descobri:

























Nenhum comentário: