segunda-feira, 18 de julho de 2016

TIJUANA BIBLES, OU AS BÍBLIAS DE TIJUANA – 5






Recordemos alguns pontos fundamentais da história desses gibizinhos eróticos estadunidenses:
- apareceram na década de trinta e tiveram seu auge entre 1930 e 1950;
- tinham tamanho padrão de 8 páginas, em papel vagabundo;
- foram duramente perseguidos pela repressão moralista;



- houve edições mais bem acabadas, mais caras, mas o que ficou foram mesmo as edições mais simples e diretas;
- tiveram vários desenhistas como colaboradores, praticamente todos anônimos;
- usavam e abusavam de paródias, em suas histórias de sexo, sem medo do grotesco.



Dito isso, vamos a mais duas histórias das Bíblias de Tijuana, para deleite de nossos leitores e leitoras:










































Um comentário:

Gabriel disse...

Muito interesssante usar esses personagens infantis da epoca ficou engracado e irreverente .legal vc lembrar dessas coisas