segunda-feira, 28 de setembro de 2015

NUDEZ: A VEZ DOS HOMENS, COM... SUAS FILHAS!



(Foto de Francesco Scavullo: Joe_Dallesandro and Child, 1968)

Nada de mais há, na nudez. Seja ela entre casais, de qualquer gênero. Num campo ou numa praia de nudismo. Em casa, entre os familiares. A nudez - pode-se dizer - é o estado natural do ser humano. No entanto, certo tipo de "civilização", principalmente a de cunho deísta, obriga-nos a usar roupas. Ou, pelo menos, a não tirar na frente dos outros as roupas, que deveriam ser apenas a proteção contra intempéries. E o homem, o macho da espécie, tem contra si mais preconceitos ainda. Um homem nu é sempre motivo de restrições, de comentários, de observações nem sempre elogiosas. Um homem, o macho da espécie, nu com outras mulheres, tudo bem. Mas, quando esse macho se despe, sem preconceitos, em estado puro de inocência, com... suas filhas! - pode ser objeto de muitas outras restrições. Mas, o tabu precisa ser quebrado. A nudez não só expõe o ser humano como ele é, como também o civiliza. Torna-o mais seguro de si e de seus instintos. Principalmente a nudez pública, ou familiar, ou grupal. Curtam, portanto, os pais corajosos, nus com suas filhas, também nuas.









Um comentário:

Anônimo disse...

Que bom que existem pessoas com um bom senso e saibam diferenciar as coisas.. Melhor creio que e uma forma ideal de aproximar pai e filha ou mãe e filho quebrando esse estereótipo de "Nudez e algo que se mostre so com quem tem relações sexuais ou do mesmo género", tenho 33 anos casado a 15, tenho um casal de filhos um rapaz de 15 e uma moça de 14, repassei meus valores e conceitos sobre a vida e sobre oque é o nudismo.. minha família não possui nem um preconceito é se dão super bem porque nao existe restrição a temas que pais possuem medo de abordar com os filhos