segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

PUNHETA TECNOLÓGICA: MASTURBAÇÃO VIA INTERNET






Em 2011, publiquei aqui mesmo, nesta LUA, o lançamento do FLASHLIGHT, um aparelho masturbador para homens, que imitava uma vagina. E até a opinião de quem já o havia testado.





Pois, bem: o tempo passou, os punheteiros continuaram punhetando-se, com ou sem o uso de aparelhos. Mas a fila anda. Ou, melhor: a tecnologia avança. E a imaginação dos inventores também. Faltava um aplicativo para se masturbar. Não falta mais.






Já  existe a possibilidade de se masturbar via internet. Dizem que foram engenheiros da NASA que desenvolveram o aparelho. Não sei por quê, mas há sempre alguém da NASA envolvido em novidades eróticas. Acho que o pessoal de lá vive "voando" não só em naves e satélites, mas também em outras "dimensões". Bem, isso não importa, já que essa história pode ser falsa.






O novo masturbador chama-se REALTOUCH INTERATIVO e, conforme a propaganda, "é a tecnologia de experiência sexual mais íntima" e intensa que se pode ter. Funciona mais ou menos assim (espero que esse mais ou menos seja mais, para os compradores):






1. você escolhe um modelo (parece que há vários, talvez relacionados ao tamanho do seu... pau) e, através de algum código parecido com o de barras, você baixa um programa na internet;

2. com esse programa, , você pode, então, conectar o "aparelho" no seu computador e buscar alguma garota ao vivo, em qualquer lugar do mundo, que tenha um aparelho chamado REALTOUCH JOYSTICK;






3. essas garotas, de acordo com o fabricante, têm conhecimento íntimo do REALTOUCH e estão à sua espera, para um encontro numa determinada hora que vocês combinam;

4. conectados os dois, começa o "jogo": a garota vai excitá-lo e, através do tal joystick, enviar simulações de movimentos para o interior do seu masturbador (onde já deverá estar o seu pau, claro); movimentos que simulam sexo oral, vaginal ou anal que, garantem, são extremamente realistas.






Você terá a sensação de que estará realmente fazendo sexo com a modelo e não apenas se masturbando! Pelo menos, é o que prometem. E toda a propaganda parece estar veiculada para incendiar a sua imaginação que é, ao fim e ao cabo, o que conta, para uma boa masturbação e para um bom sexo.





Quanto custa a brincadeira? O valor exato não consegui descobrir, porque - como tem punheteiros neste mundo! - ao tentar simular uma compra, para ver o preço do aparelho, o site informou que, devido à grande procura, não está aceitando novos compradores, por enquanto. No e-bay, achei um anúncio (já finalizado) ofererecendo o aparelho por U$149,00. Mas, como tudo é pago, inclusive o tempo em que você fica com as modelos (ao vivo ou sob demanda), a brincadeira não deve sair muito barata.






Sempre que sugem novas tecnologias, os apóstolos das novidades decretam o fim do passado. Foi assim com DVD (e conseguiram ressuscitar o disco de vinil). Está sendo assim com os livros e os jornais impressos (e eles parecem firmes, ou mais ou menos firmes). Será que, agora, que surgiu um "aplicativo para se masturbar", vão começar a dizer que a mão que masturba (os famosos "cinco a um") também vai ficar obsoleta?





Fonte:



(Fotos da internet, sem indicação de autoria)





Nenhum comentário: