segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

UMA PERUCA ENTRE AS PERNAS







A moda vai e vem. Usos e costumes se modificam. Alguns desaparecem para sempre; outros, vira e mexe, retornam. Os pintores renascentistas apreciavam as mulheres robustas. Os costureiros atuais, mulheres à beira da anorexia. No terreno íntimo, a depilação total de xoxotas parece algo novo. E sobre isso, há discussões e controvérsias. Inclusive, oposição, principalmente de ginecologistas, que acham que uma boceta sem pelos fica mais sujeita a infecções. E há oposição, também, de algumas mulheres.






É o caso da fotógrafa de nossa matéria de hoje, capturada da revista TRIP (endereço eletrônico no final). Já falamos, anteriormente, de bocetas peludas, aqui mesmo, quando tratamos da "pintura dos pelos pubianos" (veja esse marcador), numa história divertida, traduzida do francês. Hoje, no entanto, não se trata de pintura, mas de fotos - também divertidas - de perucas... pubianas!






Há gosto para tudo: pessoas - homens e mulheres - que gostam de xaninhas raspadinhas e pessoas que gostam de xaninhas bem cabeludinhas. Mas de peruca, só a nossa fotógrafa, acho. Leiam e divirtam-se (com o texto e a entrevista de Augsto Olivani, da Trip,  e com as fotos):


FOTÓGRAFA USA DIFERENTES PERUCAS PARA ADORNAR SUA VULVA E CRIA SÉRIE FOTOGRÁFICA






A fotógrafa Rhiannon Schneiderman, uma jovem de 25 anos de Daytona Beach, Flórida, crê na força da xoxota cabeluda. Em 2012, a moça fez uma série de autorretratos chamada Lady Manes, em que brinca com essa atitude ao usar diferentes perucas para adornar sua vulva.






As mulheres ganharam mais poder desde que você publicou a série Lady Manes?

Acho que está melhorando, devagar. É uma grata surpresa ver como as pessoas podem ser abertas de vez em quando, é o que me deixa otimista. Os pelos do meu sovaco, por exemplo, não provocam mais reações de medo e terror no rosto das pessoas como antigamente.





Qual a sua percepção do atual movimento entre as mulheres de deixarem seus pelos púbicos crescerem sem se preocuparem com depilação?

Talvez seja uma moda, mas eu sou muito ligada em pelos. Me sinto em relação aos meus pelos pubianos da mesma forma que os caras se sentem com suas barbas. Cuido bem deles, tento diferentes cortes, passo condicionador. Isso para não mencionar os benefícios de deixá-los crescer: as mulheres ficam muito mais suscetíveis a infecções e DSTs quando a vagina está careca. Além do mais, bocetas carecas parecem alienígenas estranhos.






Fonte:




Nenhum comentário: