segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

NUDEZ: UM ANTES E DEPOIS DIFERENTE






A nudez é tema recorrente neste blog. Como forma de desmistificar a ideia de que o corpo é pecaminoso. Assim, sempre que encontro algo interessante relacionado a esse tema, procuro trazê-lo para cá. Há algum tempo, no Facebook, chamaram-me a atenção para as fotos de Gracie Hagen e, poucos dias depois, um leitor deste blog me sugeriu matéria com a mesma fotógrafa. Encontrei no site português abaixo indicado o texto que reproduzo, já que a matéria traz algumas informações importantes sobre a artista e sua arte. Divirtam-se, principalmente com as fotos.

Gracie Hagen é uma fotógrafa e videógrafa americana, residente em Chicago. Como artista, aborda principalmente temas relacionados com o corpo — o conceito de beleza, os conceitos de perfeição, defeito e de realismo. Não destoando, Gracie criou o projecto "Illusions of the body". Neste projecto, a artista justapõe um retrato lisonjeiro e outro em que o mesmo sujeito aparece desfavorecido. Com isso, a autora pretende realçar que, apesar da discrepância visual, trata-se do mesmo corpo e que a noção de beleza não depende de mais do que de um momento."Todos temos momentos em que parecemos bonitos e outros em que estamos desfavorecidos", afirmou ao P3 numa entrevista por "e-mail". Segundo Hagen, os padrões culturais de beleza existirão sempre, mas chama a atenção para a tomada de consciência pública para o facto de os modelos apresentados nem sempre serem realistas. O papel dos media na criação e perpetuação dessa imagem é preponderante. A criação de um modelo inatingível fomenta o consumo. Em busca da perfeição, o cidadão médio vê-se na necessidade de se aperfeiçoar e de, para isso, consumir produtos que o permitam atingir os resultados pretendidos. "Comparamo-nos às fotografias de modelos, embora a grande maioria de nós saiba que essa também não é a sua aparência na vida real. [...] É iluminação, ângulo, photoshop, gestualidade..." Por isso, Hagen sublinha "Devemos celebrar as nossas diferenças e as estranhas contorções que o corpo humano é capaz de realizar."















Fonte:




Nenhum comentário: