segunda-feira, 26 de março de 2012

ABALO SÍSMICO 5: ANNETTE KELLERMAN





Um religioso iraniano, Hojatoleslam Sedighi, disse que “Muitas mulheres que não se vestem de forma modesta levam os homens jovens ao mau caminho, corrompem a sua castidade e espalham o adultério pela sociedade. Isso, consequentemente, faz aumentar o número de terremotos”.





ANNETTE KELLERMAN


(Annette Kelerman 1912)



Annette Marie Sarah Kellerman, australiana, nasceu em 6 de julho de 1887. Nadadora profissional, foi também atriz de vaudeville e cinema, escritora, e defensora das causas das nadadoras profissionais.


Aos 6 anos, teve problemas nas pernas, o que exigiu o uso de cintas de aço para poder andar. Para complementar o tratamento, começou a ter aulas de natação. Aos 13, estava praticamente normal e se tornara ótima nadadora: foi a primeira mulher a tentar atravessar a nado o Canal da Mancha, em 1905.




Na época, as mulheres só podiam nadar usando pesadas combinações e calças. Foi a primeira a usar maiôs - de uma peça - e, por isso, chegou até a ser presa em Revere Beach, Massachusets, por atentado ao pudor. Em seu primeiro filme, The Marmaid, usou um traje de sereia que abriu caminho para as demais sereias do cinema, como Glynis Johns, Esther Williams e Daryl Hannah e, depois disso, passou a desenhar e até mesmo fabricar seus próprios trajes de natação.





No cinema, foi a primeira atriz a fazer uma cena de nudez total, no filme A Daughter of the Gods, de 1916, uma produção milionária da Fox Film Corporation. A maioria dos seus filmes tinha temas de aventuras aquáticas, nos quais ela era seu próprio dublê, realizando cenas perigosas, incluindo um mergulho de 28 metros no mar e 18 metros em uma piscina de crocodilos.








Annette e o marido voltaram para a Austrália em 1970. Permanceu ativa até a idade avançada, continuando a nadar e a fazer exercícios até pouco tempo antes de sua morte, em 5 de novembro 1975.





(Annette Kkeleeman in a daughter of the gods)



Quantos graus na escala Richter você dá a ANNETTE KELLERMAN?



Nenhum comentário: