segunda-feira, 12 de março de 2012

ABALO SÍSMICO 4: HEDY LAMARR




Um religioso iraniano, Hojatoleslam Sedighi, disse que “Muitas mulheres que não se vestem de forma modesta levam os homens jovens ao mau caminho, corrompem a sua castidade e espalham o adultério pela sociedade. Isso, consequentemente, faz aumentar o número de terremotos”.






Hedy Lamarr

A bela que era uma fera.



(Filme: Êxtase de, 1933)



A mais bela mulher do mundo, em sua época, era também extremamente inteligente.


Conta-nos Lucia Guimarães (OESP/14/1/2012): "a estonteante Hedy Lamarr, nascida Hedwig Kiesler, em Viena, em 1915, estrela de Algéria, Fruto Proibido e Sansão e Dalila, foi uma das inventoras da tecnologia de rádio de amplo espectro que seria a precursora, entre outros, dos telefones celulares, do WI-Fi e do GPS.




(Filme: Êxtase, de 1933)


Hedy Lamarr dizia; "Qualquer garota pode ser glamourosa. Você só precisa ficar imóvel e parecer estúpida".

"A fuga de Hedy Lamarr da opressão do casamento e da Viena cada vez mais hostil a uma judia teve várias versões rocambolescas, espalhadas pela própria atriz. Fritz Mandl era um milionário negociante de armas e oportunista, que proibira a mulher de continuar a carreira de atriz e havia tentado comprar todas as cópias existentes do filme Ekstase. Filmado em Praga, Ekstase mostrou a primeira expressão de uma atriz durante um orgasmo e revelou as formas de Hedy, então com 18 anos."











Sua emancipação envolve um breve caso de amor com o romancista Erich Maria Remarque, autor de Nada de novo no front, e o embarque, de Londres, para os Estados Unidos, num luxuoso transatlântico, onde estava, também o produtor Louis B. Meyer, da MGM, que lhe ofereceu, ao final da viagem, um salário de US$500 por semana e advertiu: "Bunda de mulher é para o marido, não para o público de cinema".






George Antheil, que viria a ser seu parceiro de estudos e invenções, escrevia sobre endocrinologia feminina. Em 1940, numa festa, Hedy mandou-lhe dizer que "queria lhe consultar sobre suas glândulas". Só o que Antheil não sabia é que a preocupação de Lamarr eram seus seios pequenos. "Dá para eles ficaram muito maiores?", ela disparou, prática como sempre.


A preocupação com o tamanho dos seios tinha sentido. Conta-se que, ao saber do filme Sansão e Dalila, de 1949, com Victor Mature, a língua ferina de Grouxo Marx teria comentado que "não pode dar certo um filme em que o mocinho tem seios maiores do que a mocinha".




(Filme: Sansão e Dalila, de 1949)




Hedy Lamarr, aos 82 anos, foi homenageada junto com Antheil, já morto, como pioneira de várias pesquisas relacionadas a frequência de rádio e outras, pela Electronic Frontier Foundation. Abandonou o cinema antes do fim da década de 50, mas continuou a estudar e a inventar. Chegou a sugerir uma modificação no design do supersônico Concorde, inventou uma coleira de cachorro florescente e um aparelho para ajudar deficientes físicos a tomar banho. Seu último projeto era atravessar o milênio. Morreu dormindo no dia 19 de janeiro de 2000.




(Filme: Êxtase, de 1933)


Quantos graus na escala Richter você dá a HEDY LAMARR?



Nenhum comentário: