terça-feira, 13 de dezembro de 2011

CONTRA O FUNDAMENTALISMO, A NUDEZ!


Escultura egípicia antiga)





Este blog não se mete em política, a não ser na defesa intransigente da liberdade.


Abrimos uma pequena exceção para uma jovem egípcia: Aliaa Almahdy! Porque o antigo país dos faraós parece ter encontrado o caminho para a democracia.

Mas, só parece.

(Esc. egípicia: Naxian Kouros)




As eleições, depois da derrubada do ditador Hosni Moubarak, confimam o que se temia: o povo egípcio caminha para um regime muito pior do que as piores ditaduras, sob a "sharia" - as leis muçulmanas de controle da sociedade.



Então, o protesto de Aliaa Almahdy, em seu blog, ganha uma dimensão de ato político de extrema importância. Ela se declara ateia e incita os homens a também se cobrirem com o véu religioso. E, num gesto ainda mais audaz, publica sua foto totalmente nua, para denunciar o machismo, o sexismo, a violação dos direitos humanos, a falta de liberdade na sociedade onde vive, dominada pelas leis muçulmanas.




(Esc. egípcia: Mycerynus Queen)



Ela lamenta, ainda, que modelos nus são proibidos nas faculdades de belas-artes, que os livros de arte são sempre expurgados de toda nudez e que esculturas antigas estão sendo destruídas.


E, se essa jovem corajosa lamenta tudo isso, nós lamentamos ainda mais: que a tal "primavera árabe" seja só um movimento para eliminar ditadores (o que seria ótimo) e colocar no lugar as retrógradas e severas leis muçulmanas de restrição da liberdade, principalmente das mulheres.






Nenhum comentário: