terça-feira, 27 de dezembro de 2011

PARAFILIAS E FETICHISMOS: CANDAULISMO OU CANDALAGNIA: VOCÊ SABE O QUE É?




(Charles Einsen)

Não, essas palavras não estão registradas no dicionário. Talvez em algum manual de “práticas sexuais alternativas”.



Para entendermos o que é isso, precisamos retroceder ao reino de Lídia, por volta de 680 a.C., quando por lá governava certo rei Candaules. Há várias lendas em torno desse rei e uma delas dá conta de que gabou exageradamente a beleza de sua mulher para certo Giges. Como este não acreditou em suas bazófias, levou-o a um esconderijo para que visse sua esposa nua, ao sair do banho.




(William Etty)


No entanto, a mulher percebeu a presença do estranho e, no dia seguinte, chamou-o e propôs-lhe um dilema: ou ele se matava (por ter visto o que não devia e para não voltar a ter a mesma tentação) ou matava Candaules e se casava com ela.


Adivinhe. O espertinho, claro, matou o idiota do rei e casou-se com sua mulher, tornando-se o novo monarca, quebrando uma dinastia de mais de quinhentos anos, segundo a lenda.

Dessa história, resultou o termo CANDAULISMO ou CANDALIGNIA.


(Jean-Léon Gérôme)

É uma prática sexual que consiste em excitar-se ao ver ou imaginar o cônjuge numa situação erótica, ou seja, fazendo sexo com um ou mais parceiros estranhos ao casal.



É, ao que parece, um prazer exclusivamente masculino. Segundo um site francês, especializado nessa prática (em francês: candaulisme), a personalidade de um candaulista se caracteriza por todo um conjunto de traços específicos muitas vezes associados e independentes, a saber:

(Jacob Jordaens)

1. O candaulista tem na mulher uma cúmplice, ativa e com direitos iguais. O ciúme é um sentimento que ele rejeita, por não permitir a generosidade espontânea e natural de um altruísmo sem concessão, e porque ele busca a realização dos desejos amorosos da parceira e o seu próprio prazer.



2. Vive uma profunda amizade amorosa que não dissocia a comunicação cultural e afetiva da ternura e do prazer físico, o que o leva a rejeitar o dualismo judaico-cristão da mulher como santa ou puta.







(Charles Désiré Hue)

3. Para ele, o prazer carnal não está dissociado da personalidade individual, e isso não se conforma necessariamente aos cânones oficiais. Respeita, portanto, que sua parceira tenha, com outros, práticas até mesmo de dominação ou de masoquismo, pois isso é só um lado lúdico da relação.



4. Cultiva uma amizade total e generosa com os parceiros que compõem seu círculo afetivo mais próximo e privilegia em primeiro lugar o sentimento de atração mútua.



(Edgard Degas)


5. E, dizem os autores do site, numa clara e óbvia defesa dessa prática, que o candaulismo se caracteriza pela existência integrada dentro de um indivíduo do sexo masculino e heterossexual de um conjunto de valores femininos que o conduzem a buscar nas mulheres uma relação análoga àquela de uma outra mulher.




6. Se a bissexualidade é muitas vezes associada ao candaulismo, ele constitui um traço independente e não mais frequente do que no conjunto dos indivíduos em que a sexualidade é mais tradicional e nos quais a bissexualidade pode ser interiorizada, recusada ou simplesmente assumida. Com isso, o candaulista parece, assim, melhor assumir a porção feminina de sua personalidade. E concluem que esse tipo de sexulidade, que se pode dizer complexa, é um fator de permanência do desejo e da libido nos indivíduos que a assumem. 





(Francesco Furini)


Bem, “visto assim do alto”, parece uma maravilha. O cara tem prazer com a mulher e tem o prazer que a sua mulher tem ao transar com outros homens.


Ou seja, goza mais de uma vez.







Ou  não?



(Traduzido e adaptado do site: http://www.candaulisme.com/)





Obs.: todas as obras reproduzidas acima, de épocas e autores diversos , tratam do mesmo tema: o rei Candaules e sua esposa.



Um comentário:

LEO disse...

Vi seu horóscopo para 2012:
SAÚDE: Os astros sorriem para você.
DINHEIRO: Os astros sorriem para você.
SEXO: Os astros rolaram de rir!
Vai ter muito Sexo & ImaginariuM no ano que esta chegando!
em 2011 precisamos entrelaçar +++ os nossos blogs
Bjssss
LEO