sexta-feira, 23 de setembro de 2011

EROTISMO E HUMOR - 1








Quase todo mundo gosta de uma piada “suja”, isto é, de conteúdo sexual, sacana, em geral politicamente incorreta, aquela que faz corar as mulheres (que também apreciam um bom chiste, mas não gostam de grosserias).


E piada de conteúdo sexual é assim: quanto maior o mau gosto, mais provoca o riso.






No entanto, observo que seria preciso uma pessoa extremamente “estranha”, para se excitar com uma piada de conteúdo sexual. O humor não é erótico, mesmo quando aparece na forma de desenho. Pelo menos, é o que eu acho. E gostaria de levar você, leitor ou leitora dessa “Lua Quebrada”, a verificar essa premissa comigo. Compare as ilustrações abaixo, e tire suas conclusões:


Neste desenho de Peter Fendi, a felação é erótica, excitante:









Mas, o mesmo ato tem intenções hilárias no grotesco do pastiche, o que tira toda e qualquer ideia de excitamento. Fica só o riso, ou não:




(Autor não identificado)



O pau enorme, no desenho de Serpiere, para a Druuna, traz uma alta carga erótica:





(Serpieri - Druuna)


Já o mesmo pau, na charge abaixo, é só motivo de pilhéria, pelo pensamento do susto da mulher, que se diz experiente com todo tipo de jovem “tímido”:






(Autor não identificado)



Posições sexuais dão sempre motivo para ótimas ilustrações. É o que faz, com a perícia da época, Johan Nepomuk Geiger, buscando o prazer dos olhos, apenas o prazer:







Já a charge seguinte nada tem de erótica, pois a intenção é só a pilhéria, nada mais que a pilhéria, com a posição sexual e com uma penetração exagerada:






(Autor não identificado)



As mesmas posições sexuais, a penetração por trás, é erótica no traço de Antoine Borel...









E apenas hilária, nesta charge:






(Guy Wilga Lerat)


Enfim, ainda que tenha conteúdo sexual, aquilo que é desenhado para provocar o riso não tem carga erótica capaz de nos excitar, de nos provocar arrepios. 



Será que você, leitor ou leitora dessas linhas, concorda comigo?









Um comentário:

Poetíssima disse...

Sim, sim.. gostei. Estou iconografia e é realmente essa idéia mesmo, tornar graça, mas sexualidade.. não consigo nem sentir arrepio.. rsrsrs Mas, já nas outras fotos.. ui!